Thursday, October 7, 2010

Mais coisas estranhas de Wichita

Mais coisas engraçadas sobre Wichita:

  • Outro dia estava morrendo de vontade de comer uma barra de chocolate. Estava próxima de um supermecado e resolvi entrar para comprar. Fui na parte de guloseimas e achei o que eu queria, um Twix (Hummmm), o problema é que só vendia um pacote com umas 25 barrinhas e a promoção era dois pacotes por 4 dólares. Eu só queria UMA barrinha ... A mesma coisa acontece com quase tudo. Por exemplo, papel higiênico, pacote com pelo menos 12, se vc não gostar, tem que ficar usando lixa até os 12 rolos acabarem ... Creme de corpo, compra um leva o outro com 50%, compra 2 leva o terceiro de graça e compra 3 e ganha 2... Às vezes é bom, mas para a gente que acabou de chegar e quer conhecer os produtos, é ter que levar sem querer.
  • Uma outra coisa bem diferente daqui é a construção, o Dé sabe falar melhor do que qualquer um, né? O que eu sei é que é basicamente de madeira. Então em quase todos os lugares tem detector de fumaça, inclusive no nosso ex-quarto de hotel. Depois da primeira semana, cansamos de tomar “cháfé” no hotel e resolvemos comprar pão e café e fazer o nosso no quarto, que tinha torradeira, cafeteira e microondas. Quando fui fazer as torradas, o detector de fumaça começou a apitar e nada fazia ele parar. Ligamos o exaustor do banheiro e nada. Começamos a ficar desesperado. Não sei quem sabe, mas aqui se o bombeiro ou a polícia é chamada sem nada ter acontecido, você paga uma multa de $200,00. Começamos a ficar desesperados, aí o Pedro resolveu destarrachar o alarme do teto e tentar desconectar os fios (coisa de brasileiro). Alguma coisa que ele fez solucionou o apito. O problema foi que não conseguimos encaixar ele de novo. E tem multa para quem tenta “burlar” o sistema de incêndio. Foi uma loucura! Resultado, todo dia, torramos pão no banheiro até nos mudarmos para o novo apartamento.
  • Depois que alugamos o nosso apartamento, fomos fazer a nossa primeira compra de supermercado. Apesar das muitas comidas enlatadas, que não eram de cachorro, nem de gato, conseguimos comprar umas coisas mais normais. Quando chegamos na parte de produto de limpeza, ichi... tivemos que ligar para Tia Ângela. Tem um produto para limpar o chão, outro para pia do banheiro, outro para banheira, todos gigantes e não sabíamos qual era bom. Aí ela me deu a notícia ruim: não posso jogar água no banheiro. Tinha esquecido disso! Tem que ficar passando paninho e papel toalha. Meu deus! Não sei lavar banheiro sem água, como eu faço? Lá foi a Deborah limpar o banheiro (aqui é limpar e não lavar). Paninho na pia, bucha com produto no vaso e na banheira. E agora como tiro o produto? Com bucha úmida e sem produto... ah nem! Porque não posso jogar água em tudo? Aí descobri que a bancada do banheiro que tem uma cor meio de mármore é MDF. Que coisa estranha... Então cá estou eu tentando encontrar um jeito de limpar, sem usar água e ainda fazer parecer que está limpo. Pelo menos os produtos são cheirosos =)
  • De tudo isso, tem uma coisa que eu estou AMANDO! Aqui tem lavadora e secadora, até ai tudo bem, pq no meu apartamento em (IN)Felixlândia, também tinha. Mas eu “descobri” que se vc bate bem a roupa que sai da máquina de lavar, antes de colocar na de secar, não precisa de passar depois. NÃO PRECISA DE PASSAR!!! Isso é música para os meus ouvidos. É igual a uma blusa quando vem escrito: não precisa passar. TUDO DE BOM!

Por enquanto é isso... As estranhezas estão começando a diminuir. Não sei se é porque a gente vai acostumando ou porque não são tantas assim...


Saudades de TODOS.


P.S.: Pablo e Kézia, já vão falando para o João que eles tem uma “Tia” Deborah, porque assim ele não me estranha quando eu chegar aí =).


1 comment:

  1. Anderson, Luciana e SarahOctober 15, 2010 at 5:15 AM

    EI Deborah... Que bom saber que as estranhezas estao diminuindo... Assim fico feliz pois vocês estão acostumando com o lugara e com as coisas...
    Mas nao se acostumem demais... Queremos vocês de volta o masi rápido possivel...
    Com amor, Anderson, Luciana e Sarah

    ReplyDelete