Saturday, April 2, 2011

New York - Parte 5


Quinto dia, quinta-feira, dia de andar na Chinatown, lá vamos nós!

Antes disso, queria falar que nesse dia variamos o café da manhã, fomos ao Stakbucks. Só para explicar, todos os outros dias a gente ia ao Dunking Donuts, porque ele ficava entre o apartamento que estávamos e a estação de metro.

Chinatown, uma bagunça. Lugar de camelô, falsificados, negociações e mercadoria barata. Lá você não precisa de falar inglês, se a gente soubesse chinês também não ia fazer diferença, porque você só precisa olhar o produto que alguém já fala o preço. Se você não demonstrar interesse o valor já cai cinco dólares. Colocar o produto de novo no lugar, faz cair 10 dólares. Sair da loja sem o produto te dá o direito de pagar o valor que você quiser. Quer dizer, mais ou menos isso, né Taly? Também não vale colocar o preço de 5 dólares na bolsa de 30, que os chineses vão xingar e eles xingam mesmo. Entrei em uma loja, ou melhor no muquifo, peguei uma bolsa, não gostei, o cara negociou, sem eu dar um pio, como não queria, falei obrigada e saí da loja e o cara me xingou! Gente, lá você não pode não querer as coisas, tá? rsrsrs...
Acabou sendo divertido. Fiquei imaginando o papai lá, os chinezinhos iam penar com o negociador.

Pegamos o metro e voltamos para os arredores do World Trade Center. Ao lado dele tem uma loja bem famosa, Century 21. Estava uma muvuca! Só fomos no primeiro andar, que tinham bolsas, carteiras, óculos, relógios e cosméticos.

Quando saímos, nos separamos, porque o Pi e a Taly queriam voltar em Chinatown. Enquanto isso, eu e o Pedro caminhamos em direção ao Soho!

No meio do caminho resolvemos parar para tirar foto na famosa esquina da Wall Street com a Broadway.
A esquina mesmo nem é importante, mas em frente a ela, tem essa igreja Trinity e a bolsa de valores de NY.
Trinity Church
Entrada para a bolsa de valores de NY que é subterrânea.

Eu estava com muita vontade de conhecer o Soho, nem sei porque, acho que é porque todo mundo fala muito de lá. Imaginei que fosse como a Quinta Avenida, mas quando chegamos lá tivemos uma surpresa: primeiro porque não sabíamos qual direção tomar, e depois que tomamos a direção Norte, a minha segunda surpresa foi que não tinha nada a ver com a Quinta Avenida, mas sim com a Savassi, guardadas as devidas proporções. Lá tem muitas lojinhas pequenas, mas fofas. Tem lojas grandes também, como a Bloomingdale's, mas o lugar é aconchegante bom, essa é a minha impressão.

A primeira loja que entramos, era de bijouterias típicas da America do Sul, com sementes, couro... e na porta eles davam essa florzinha que eu estou usando na foto abaixo. Achei bem delicado da parte deles. Tá, eu sei que eles querem ganhar dinheiro, mas mesmo assim achei legal!
A segunda loja foi o paraíso. Uma papelaria muuuuuuiiiitooooo linda! A começar pelos objetos de couro para escritório, de várias cores e super bem feitos. Os papéis de presente pareciam tecido, cada um mais lindo do que o outro, perguntei para a funcionária o ela sugeria fazer com eles e ela falou que eram para embrulhos de presente, O QUE? (pensei comigo mesma). Eu sei que papel de presente, como o nome diz, é para embrulhar presentes, mas quando eu recebo um presente gosto de rasgar ele, imagina um papel daquele ser rasgado, para mim ele poderia ser o presente...
Voltando a loja... ah ... não sei nem falar, ela era linda. E não fui só eu que gostei, o Pedro também gostou e passamos um tempão dentro da loja. Deu até tempo para o Pi e a Taly chegarem lá e claro, eles também gostaram.


Posando para a foto na papelaria, no fundo, uns arranjos, a parede de papéis e um porta retrato de couro. A florzinha é da primeira loja.

Continuamos andando pelo Soho e não precisamos de andar muito para achar outra coisa legal, a loja do MoMA (Museum of Modern Art). Normalmente lojas de museus de arte não são tão legais e as coisas que tem não são práticas, mas essa era diferente.
As coisas eram MUITO legais e diferentes! Ah ... e para quem acompanhou no Facebook e Twitter, nós ganhamos um lindo presente de lá...
Pi e Taly, muito obrigada! Nós adoramos!!!

Andamos, andamos e andamos, porque queríamos subir para ir na Biblioteca Central, mas descobrimos que a gente não estava indo para Norte e sim para Sul, porque de repente chegamos em Chinatown rsrsrs...

Tivemos que pegar o metro, o que não era um problema porque tínhamos comprado passe livre para uma semana e chegamos na Biblioteca.
No parque, na parte de trás da Biblioteca...
O fundo da biblioteca, um restaurante que parecia super aconchegante...
A biblioteca...
Gracinha na porta da Biblioteca.

Fomos jantar no Applebee's e voltamos para casa.
Quem estava morto levanta a mão \O/ ... rsrsrs

3 comments:

  1. Muito legal acompanhar vocês nesta viagem eu e Celina estamos aproveitando para relembrar alguns momentos parecidos tipo ficar perdido no museu de história natural, a nossa experiência em Chinatown também foi muito marcante. Muito bom! Abraço a vcs

    ReplyDelete
  2. Oi Ricardinho e Celina, que bom! A nossa viagem foi inesquecível, espero que a de vocês tenha sido também! Abraços com saudade...

    ReplyDelete
  3. \o/ sim, estávamos mortos mas muito felizes! :D

    ReplyDelete