Monday, May 30, 2011

Patchwork e novidades

Esse fim de semana, passei mais umas 5 horas da casa da Sherri e nós terminamos a parte de cima! Ficamos tão empolgadas, porque foi mais rápido e melhor do que pensamos.
Aqui está o resultado:

Quem ampliar a foto para ver se os cantinhos estão encontrando, um vírus vai ser instalado no seu computador! rsrsrs...
O que vcs acharam?

Além de mostrar o patchwork, tenho mais uma novidade: vou fazer trabalho voluntário no Zoo! Estou SUPER ansiosa! Semana passada eu fiz o treinamento e já mandei o documento que eles precisavam. Quando eles descobriram que eu era bióloga e já tinha trabalhado com animais antes, pulei algumas etapas e ainda pude escolher onde fazer o trabalho, escolhi mamíferos Sul Americanos e da Austrália. O meu trabalho não vai ser fazer carinho nos animais e pentear o pêlo, como alguns imaginavam. Eu vou limpar gaiolas, recintos, dar comida e ajudar nos projetos que o Zoo tem, mesmo assim estou DOIDA para começar =).

Para quem quiser olhar, esse é o site do Zoo!

Thursday, May 26, 2011

Cantinhos da minha casa

Faz um tempinho que estava querendo colocar alguma mudanças bem singelas que fiz aqui em casa, mas que para mim fazem toda a diferença. Sabe quando vc gosta de um pedacinho, uma escrivaninha, uma mesinha de centro, uma prateleira do armário... então eu sou assim, gosto de cantinhos. Quem me entende levanta a mão? rsrsrs ... acho que a maioria não entendeu, né? Beleza, continuando e sem enrolar, seguem as fotos:
Lembram que eu tinha mostrado que estava fazendo florzinhas de crochê? Pois é, coloquei elas na beiradinha dos abajures.

A estante que a gente achou no lixo ainda precisa de melhorar, por enquanto está assim. Do lado direito estão as fotinhas que a Taly e o Pi mandaram para a gente, amei!

Ganhei esse quadrinho da Mamy e estou me divertindo com ele.

Mesa de jantar que a gente nunca usa para comer. Normalmente uso para fazer caixas...

Nossa Yuca, compramos faz mais ou menos um mês e está sobrevivendo verdinha!
Essas florzinhas artificiais comprei em uma super promoção, 1 dólar cada e eles estão fazendo a minha felicidade. Colorem, alegram e não morrem =).
Embaixo da vela coloquei um papel que parece uma renda, eles usam aqui para colocar embaixo de bolo e doces, igual ao nosso tapetinho, mas maior.

No vaso que hoje estão as florzinhas, tinha uns bamboos tingidos de verde, esses da foto abaixo. Quando coloquei eles em cima da mesa para pensar o que fazer, achei que talvez fosse uma boa idéia fazer um jogo americano. Para testar a idéia resolvi fazer primeiro os porta copos. Nossa, deu trabalho DEMAIS! Como eu já tinha começado resolvi terminar. Vi pela quantidade que não ia dar para fazer dois jogos americanos, então fiz tipo um aparador para panela. Com o que sobrou fiz esse estreito, não sei para que ainda, mas arranjo algo para ele depois. O maiorzinho se vocês olharem na foto da mesa de jantar, ele que está embaixo das flores.

Além disso essa semana fiz essa pulseira. Minha mãe mandou a corrente e os fechos do Brasil e eu já tinha essa linha aqui. Depois vou comprar mais linha porque pelo que eu medi, vou conseguir fazer umas 5 ou 6 pulseiras.

Já tinha mostrado algumas coisas para minha mãe e ela insistiu para eu colocar aqui =).
Espero que vocês tenham gostando.

Monday, May 23, 2011

8 meses em Wichita

Sábado resolvemos comer comida japonesa, fazia muito tempo que a gente não comia. O único lugar que conhecemos é em Down Town (Centro da Cidade) e descobrimos que vai abrir um aqui do lado de casa, quem acha que a gente vai virar freguês??? rsrsrs...
Almoçamos lá e depois fomos passear no quarteirão do cinema Warren, um local que a gente foi na nossa primeira semana aqui em Wichita (nesse post). Na primeira vez, a gente só almoçou no Old Chicago uma lanchonete bem antiga na cidade e fomos embora. Dessa vez resolvemos passear, entrar nas lojinhas e ficar assentado na praça. Coisa de cidade do interior e de quem não tem nada mais para fazer...

Acabamos descobrindo um passeio de carroça e um bondinho, que parece que saiu de um filme de 1950 e funciona como ônibus no centro de Wichita.
Lugar interessante para completar 8 meses que estamos aqui em Wichita...

Friday, May 20, 2011

11 meses de PURA FELICIDADE

Hoje fazemos 11 meses de casamento!
Somos muito gratos por tudo que Deus tem feito em nossas vidas.


"Porque dEle e por Ele, e para Ele, são todas as coisas; glória, pois, a Ele eternamente. Amém."
Rm 11:36


Wednesday, May 18, 2011

Jogo de Baseball

Semana passada descobrimos que estava tendo jogos de baseball aqui em Wichita. Tentamos ir durante o fim de semana mas estava nublado e chovendo de vez em quando, por isso achamos melhor não ir. Ontem seria o último jogo aqui e como nunca tinha ido em um, achamos uma boa oportunidade... faça chuva ou sol =). Ainda bem que fez sol!
O jogo era entre as duas maiores universidades daqui, Wichita State (campus onde foi o jogo) e Kansas State, por isso estava bem cheio o estádio.
Chegamos super empolgados e igual turistas, com máquina no pescoço e morrendo de vontade de participar de tudo! Comecei a ver pessoas com cobertor, ai perguntei para o Pedro se a gente deveria ter se agasalhado melhor, ele falou que não sabia, mas que normalmente os jogos duram 1 horas e meia. Pensei, o jogo começa às 6:30, vai terminar no máximo 8:30 e ainda vai ter sol, acho que não precisamos de cobertor.
Não sabíamos quem estava jogando e esquecemos de olhar os ingressos. Resolvemos torcer para quem todo mundo estava torcendo, mas nas jogadas dos dois times a gente ouvia palmas. Escolhemos o branco que foi o primeiro a fazer um "Home Run". Aprendi como que jogava lá mesmo, com o Pedro me explicando enquanto o jogo rolava. O cara da frente não gostou da gente conversar o tempo inteiro, mas continuamos mesmo assim.
Sei que as fotos estão pequenas, é só clicar nelas que aumentam. Queria mostrar as poses e as jogadas. Ah, esse cabo no meio da foto foi meio inevitável...
Dá para perceber que essa foto não é nossa, rsrsrs? Nessa jogada já estávamos cansados e tínhamos guardado a câmera, essa foto é o jornal on line "The Wichita Eagle" .

No meio do jogo descobrimos as diferentes torcidas e o Pedro passou a torcer para o time de manga roxa (Kansas State), porque estava perdendo. Eu continuei torcendo para quem rebatia, porque é a parte emocionante, então torcia para eles rebaterem bem bonito, porque assim todo mundo corria, era a parte emocionante =).

Sim, eu aprendi, depois de 3horas e meia de jogo, como que joga baseball. Se você não prestou atenção eu vou repetir, o jogo durou três horas e meia... não aguentava mais! Demorou porque o time do Pedro empatou e virou o jogo e aí o outro time empatou e foi para prorrogação. Gente depois de tres horas e no frio (sim, teria sido perfeito um cobertor) você só quer que alguém ganhe... No fim o meu time ganhou, porque o último a rebater foi o de branco e com a jogada mais legal, eles ganharam =).

Comentários: achei muito legal que muitas famílias vão juntas torcer, com nenês, crianças, adultos e velhinhos. Mas sinceramente, os americanos não sabem torcer. Eles acharam ruim quando um cara no meio do jogo tocou um berrante. Ou quando umas 10 crianças do nosso lado começaram a gritar. Na verdade elas fizeram a última hora do jogo ficarem suportáveis porque era engraçado eles gritando e o povo olhando para trás, tipo, cala boca =).

O Pedro já tinha visto um jogo de baseball antes e ele falou que foi meio ruinzinho, porque na única jogada legal do jogo, ele perdeu porque estava mordendo o cachorro quente. Tendo como base isso, esse jogo foi bem emocionante =)...
Beijos!

Tuesday, May 17, 2011

Patchwork =)

Estou SUPER empolgada com o Patchwork que a Sherri está me ensinando!
Ontem fui para a casa dela e passou tão rápido que quando percebi faziam 5 horas que eu estava lá. Sim, cara de pau completa, mas foi tão gostoso!
Ontem fizemos os quadrados e colocamos o meio junto...
A minha preocupação era como fazer para todas as quininhas e cantinhos encaixarem, alguns são bem fáceis, mas tem uns que a gente teve trabalho. As pontas não queriam encontrar de jeito NENHUM! rsrsrsrs...
Sem mais enrolações, esse é o resultado do trabalho de ontem:

Sherri montando o quebra-cabeça
Mãos à obra e tcharã...

Hoje, aqui em casa, coloquei as outras peças juntas para ver o que eu preferia. Acho que vou fazer a segunda camada com verde e só as outras extremidades de rosa, o que vocês acham?
Segunda camada em rosa, ou...
... segunda camada em verde e rosa apenas nas extremidades?


Ah ... não podia deixar de falar das companhias que tivemos ontem, as três gatas da Sherri. Olha que eu não era muito fã de gato, mas elas são tão fofas:
Xiao Hu (lê-se Xaurru), em chinês significa pequeno tigre. Custei para tirar uma foto boa dele e quando eu tirei ele fez cara de tigre, rsrsrs... ele é muito bonzinho. Quando estava costurando ele ficava deitado em cima da máquina me assistindo.

Tashi Delek (lê-se Tachi Delei), significa olá em tibetano. Essa foi a única foto que ela saiu. Apesar de não ser tímida, acho que ela não gosta de câmeras e nem de flash.
Essa é a mais especial de todas, Yagmila, ou Yaya. Essa tinha sido a terceira vez que eu tinha ido na casa da Sherri e ainda não conhecia ela. Quando tem gente diferente ela fica debaixo da cama da Sherri e não sai por nada nesse mundo, nem comida. Como só eu estava lá ontem, devagazinho ela foi saindo, se aproximando e quando eu vi ela já estava em cima do sofá, do meu lado balançando o rabinho para mim. Ela é muito peluda e fofa!

Quando fizer mais mostro para vocês! Estamos indo a um jogo de baseball, depois coloco as fotos....


Monday, May 16, 2011

Fim de semana

Apesar de calmo o fim de semana, fizemos duas coisas que normalmente não fazemos e queria falar aqui.

No sábado resolvemos passar a manhã fazendo trabalho voluntário. Fomos ao His Helping Hands, organização do local de reunião que temos ido. Eles recebem doações e as direcionam para pessoas de baixa renda aqui de Wichita e também junto com um organização da Califórnia, para países de terceiro mundo ou outros países que tenham passado por alguma tragédia, como aconteceu a pouco tempo no Japão.
No sábado de manhã, as pessoas necessitadas vão a esse local, passam por aconselhamento e são evangelizadas. Depois disso elas vão para um galpão cheio de roupas e utensílios de casa, onde cada adulto tem direito a colocar o que quiser dentro de 3 sacolas de supermercado e cada criança, tem direito a duas. Além disso nesse sábado eles distribuíram pães e batatas.
Eu e o Pedro ficamos na parte das roupas, recolhendo cabides vazios e arrumando as roupas fora dos cabides. Parece pouco, mas ficamos de 10:00 até 12:30 trabalhando sem parar. Apesar de ser super simples, ficamos felizes em poder ajudar.


A segunda coisa que fizemos, que foi super legal, foi ir "jogar" tennis. A verdade é que não jogamos, o Pedro me ensinou a jogar, bom, até agora aprendi o movimento que tenho que fazer. Mas estávamos tão fora de forma que nem conseguimos ficar muito tempo lá e hoje estamos com dores musculares em vários lugares... A expectativa é que um dia eu aprenda a jogar e assim a gente possa fazer isso juntos. Aproveitei para tirar umas fotos enquanto ele treinava o saque...

A parte mais chata é ter que pegar as bolinhas... olha a cara de desanimo e cansado do Pedro

Depois conto das minhas próximas aulas com o professor de tennis mais lindo e paciente que eu já tive =)...

Friday, May 13, 2011

Batatas no forno


A maioria das pessoas sabe que eu não sou lá grande coisa na cozinha. Por causa disso, tenho visitado vários sites de culinária a procura de receitas que não requerem muita habilidade.

Numa dessas andanças pela net, vi uma batata palito no forno que fica crocante =).

Eu amo batata frita, mas eu não gosto de fritura, provavelmente porque eu não sei fazer. Acho muito difícil, algumas coisas tem que ser muito óleo e bem quente, outras pouco e quente e assim vai. Além disso, o chão fica engordurado e aqui não se lava cozinha (nem banheiro, sim custei para acostumar com isso), a casa fica com aquele ar de gordura, porque a cozinha é americana e normalmente não abrimos a janela. Já viu a situação que o apartamento ficaria? Voltando à batata, vi então essa receita que pode ajudar quem também não gosta ou quer variar a fritura.

  • 8 batatas
  • 1/4 de xícara de farinha de trigo
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • sal a gosto

Pré-aqueça o forno à 220 C (alto). Descasque e corte todas as batatas no formato palito. Salpique a farinha, regre com o azeite e espalhes as batatas em um tabuleiro de forma que fique apenas uma camada de batata. Coloque o sal.

Coloque o tabuleiro no forno. Quando as batatas estiverem douradas, retire e sirva imediatamente.


Na receita que eu peguei falava que ficava pronto em 1 hora, mas tomem cuidado porque a primeira vez que eu fiz elas ficaram bem moreninhas em 20 minutos. Esse foi o resultado:


Da segunda vez eu diminuí a temperatura um pouco e fiquei de olho até elas ficaram douradinhas, mais ou menos em 30 minutos, uma delícia se tivesse sido uma batata normal. Vocês acreditam que eu fui ao supermercado comprar a batata dourada (que é a mais parecida com o do Brasil) e acabei comprando um pacote de batata doce? Só descobri depois que tinha terminado a receita. Era IGUALZINHA a batata do Brasil, incluisve estava escrito batata dourada no pacote e nenhuma indicação de serem doces. Como que pode? Que raiva que eu fiquei! Comemos do mesmo jeito e ficou até gostosa, mas seria bem melhor se fossem as normais =)


Espero que vocês gostem da dica!


Tuesday, May 10, 2011

Coisinhas...

Depois da fase sem inspiração estou na fase, quero fazer tudo junto =).
Portanto cá estão algumas coisas que eu estou fazendo:

Patchwork: Acho que já tinha falado da Sherri, uma pessoa muito especial que Deus colocou na minha vida. Além de instrutora de inglês, guia turística e amiga, virou também minha professora de Patchwork. Eu escolhi a padronagem que eu queria, ela fez todas as medidas e ajustes e semana passada compramos os panos. Apesar da quantidade ENORME de panos, ainda tive dificuldade de escolher o que eu queria. Ontem comecei a cortar e já costurei algumas tiras na casa dela.
A idéia é que fique parecido com esse aí. Só que eu só vou fazer 3 camadas, até onde está marcado de lápis.

Flores: Acho que é porque a primavera chegou e que eu estou tão empolgada com os verdes, as flores (cada semana aparece uma diferente nos jardins) e a temperatura, que tenho feito várias flores. Infelizmente as de verdade que eu tinha plantado morreram mesmo =(. Vamos para as falsas e coloridas então!
Nas florzinhas de papel, usei um molde uma que a Laurinha (fofa!) me mandou do Brasil, junto com vários outros recortes LINDOS de scrapbook! Como não tenho o furador em formato de florzinha, cortei na mão mesmo. Impressionante o que a gente faz quando tem tempo livre, né? Ficou assim:

Ainda não sei o que fazer com elas mas estou feliz com a cor que elas deram aqui em casa =)

Usei aquelas amostras de tintas que eu já tinha falado no post das borboletas. Adoro ir às lojas de construção porque tem aquele TAAAANTOOOO de cores. O Pedro falou que quando começo a pegar as primeiras amostras até parece que eu vou realmente pintar alguma coisa, mas depois da décima amostra... rsrsrs. Não entendo porque eles já não fazem tipo um livrinho com TODAS as amostras juntas, facilitaria a minha vida!
Ontem, achei essas na Home Depot, fiquei louca, nunca tinha visto tanta amostra. Tinha amostra até no formato do Mickey. Vou deixar claro que essas eu não ia pegar (não tenho nem idéia o que fazer com isso), mas o Pedro falou: "Não acredito que vc não vai pegar nenhuma dessas!" aí me senti coagida =).
As outras flores que eu fiz foram de crochê. Vi no Superziper, mas como ainda não entendo os pontos saí caçando na net uns vídeos de flores e não tinha nenhuma igual a que eu queria. Juntei uma com a outra com a outra, olhei a do Superziper bem de pertinho e consegui a que eu queria. Só que a pessoa comprou a linha mais fina que tinha, era tão fina como linha de costura. Demorava uns 40 minutos para fazer cada uma e ainda estava precisando de uma lupa para ver cada buraquinho. Deixei elas de lado uns dias, até que eu resolvi comprar uma linha mais grossa e pronto. Desde domingo já fiz umas 30 na maior facilidade. A ansia de fazer tudo rápido fez minha mão ficar meio dolorida e torta, rsrsrs mas as flores estão quase prontas. Vou colocar elas em volta da cúpula dos dois abajures que tem aqui na sala.

Mudando de assunto!
Esse fim de semana estávamos saindo para tomar um sorvete, diga-se de passagem que a temperatura nesses últimos dias chegou a 37 graus, por isso queríamos refrescar um pouquinho! Quando passamos ao lado da caçamba de lixo, vimos essas duas estantes, não resistimos. Ela ainda está vazia, porque não sei o que colocar lá. O Pedro falou que eu vou dar um jeito, pois também não tínhamos nada para colocar no outro aparador e hoje ele está cheio, rsrsrs...

Estou adorando esses lixos!