Friday, February 3, 2012

Dica para o chão

Gente, o tempo está passando rápido demais!
A última vez que eu postei, pensei assim, tenho muita coisa para colocar aqui no blog, vou tentar fazer um post por semana, ahã, cá estou eu, um mês depois.
Para postar mais, vou TENTAR escrever menos. Não sei se vou conseguir, porque a hora que começo a escrever parece que meus dedos ficam nervosos e começam a digitar tudo que passa pelo meu cérebro e quando vejo, já foi demais. Portanto, vamos ao que interessa.

Quando mudamos para esse apartamento, o que mais me incomodava era o rejunte no chão. Me irritava tanto que eu queria rejuntar o apartamento todo de novo. Inclusive já estava pegando dicas com a minha cunhada/decoradora/amiga de como fazer isso, quando a mesma me emprestou um pouco de Azulim para eu testar aqui em casa, antes de começar a loucura de rejuntar tudo.

Comecei sem nenhuma expectativa, mas quando eu vi o rejunte, quase pirei. Quer dizer, eu acho que pirei, porque tudo que eu pensava era clarear todos os rejuntes aqui de casa e o que eu fiz. Nos primeiro dia, fiz o banheiro e o corredor, no segundo metade da sala e assim por diante. Antes que alguém comente alguma coisa, eu quero dizer que eu não sou garota propaganda dessa marca, mas acho que a gente tem que compartilhar quando algo dá certo. Olha as fotos que eu tirei do Antes e Depois:
O primeiro teste...
Corredor, não parece que a cerâmica mudou de cor?

Cozinha, metade metade...

Gostei tanto do resultado que eu já indiquei para um monte de gente, inclusive aqui no prédio.
Só um detalhe, quem for arriscar fazer isso precisa de abrir as janelas, usar luvas e se achar necessário máscara. Ele tem um ácido que destrói. Fiquei tão empolgada com o resultado que no começo não prestei atenção na mão, até ela começar a arder e a ficar cheia de cortinhos. Então se cuidem e aproveitem o novo piso de casa =)

Monday, January 9, 2012

Ajeitando e preparando as coisas


O período que eu fiquei aqui no Brasil sem o Pedro, foi o momento que eu tive para colocar a documentação e o carro em dia, procurar eletrodomésticos e móveis e a parte mais difícil, achar um apartamento.

Começamos a pesquisar pela internet de Wichita, mais ou menos um mês antes de eu retornar para o Brasil. O nosso susto com o preço foi enorme, mas fazer o que. Decidimos que não ia ter como comprar um apartamento tão rápido, por isso começamos procurar apartamentos para alugar. Nossa prioridade era ser próximo ao trabalho do Pedro e aí começamos a estreitar a nossa busca.

Como todo mundo que procura apartamento para alugar, vimos muita coisa, mas decidimos alugar um apartamento simples, de dois quartos, sem suíte, perto do trabalho do Pedro, perto de padaria, sacolão e açougue e com o preço que a gente queria. Esse é o nosso apartamento, sejam bem vindos!

Cozinha e Área de serviço (bom demais ter um tanque)
Sala
Corredor e banheiro
Quarto e o quarto de casal

As fotos foram tiradas no meio da nossa mudança, por isso as caixas. Para quem não conhece ele, não se preocupem, já estamos dando o nosso jeitinho para ele ter a nossa cara, aos poucos vou colocando aqui no blog.

A nossa mudança foi igual a todas as outras. Pensamos, ah, vamos fazer nós mesmos, nem é muita coisa. Realmente nós demos conta, depois do cansaço e os músculos doloridos, foi a façanha de colocar dois colchões de solteiro no punto. Como diz a Taly, ficou parecendo que o Punto engoliu um bis branco =).


Mais uma vez temos que agradecer aos meus pais e ao Pi e a Taly, que sempre estão presentes nas nossas mudanças, alíás um recadinho para vocês quatro: vamos tentar mudar só daqui a dois anos e meio ok?

Volto em breve com mais coisas do nosso apartamento =).